19 de março de 2013

| Absinto, que Eu Sinto...

O título é o começo de uma de minhas frases prontas, uma das usadas ao pé do ouvido de um possível flerte, visualizemos então... 

Estou com o alvo, a vitima ou como desejarem chamar ao meu lado, geralmente este é o primeiro contato da noite, não me lembro de ter usado esta em uma apresentação, pelo menos acho que não... 

Meu copo devidamente cheio de Absinto e alguma outra mistura... Nunca com gelo apenas, por que fica intragável... O que me faz beber menos do que gostaria, geralmente misturo com Red Bull, que por ser doce quebra o teor alcoólico, bom quebra não, dilui! O que praticamente triplica minha capacidade de ingerir a bebida. 

Voltando... Copo cheio, vitima ao lado num primeiro contato da noite e a pergunta clichê, realizada pela mesma: - O que esta bebendo? Minha resposta geralmente cantada ao pé do ouvido é uma rima boba, seguida de meu Sorriso mais Sacana! 

- Absinto que Eu Sinto... Seu Pinto!

Simples e direta... Tão engraçadinha que nunca me deixou sem um outro sorriso sacana de retorno! Homens quando expostos a vulgaridade de forma banal, tendem a tratarem o resto de forma leve, se perde o medo de falar algo "baixo", as coisas fluem mais leves... Ou talvez já seja o efeito da bebida em meu organismo. Só sei que desde que me conheço por bêbado e solteiro, a "Fada Verde" nunca me deixou na mão...

Sexta feira passada comprei minha primeira garrafa depois que terminei com o mocinho, finalidade? Me divertir num dos aniversários mais bombados do ano do meu círculo social, uma das poucas festas que são comparadas aos meus aniversários... Amigos e amigos de amigos e colegas surfistas e uma galera bem selecionada da cidade... Concluindo por que estou sendo longo demais, a pergunta que finaliza o Post... Se deu certo a rima sacana? 

Claro meus Queridos.... Elementar!

11 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

eu ri por aqui e super aprovo ... rs

FOXX disse...

"galera bem selecionada"?
kkkkkkkkkk
adorei.

Fred disse...

Adorei a dica de aproximação... hehehe... e Fada Verde eu já entornei vááááárias... #RêBordosaModeOn! Bjos, seu sumido! Saudades de tu no TPM!

Frederico disse...

absinto que eu sinto teu pinto ahsuahsuasa
adorei ;)

Fred disse...

Cervejas e ilusões atrevidas muito me interessam... hahaha! Bjs!

Eduardo Paiva disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... queria eu, ser tao extrovertido assim! Mesmo bebado, nao chego ao ponto nunca! A nao ser com Absolut/alguma Label + Redbull...
Mas quando acordo no outro dia e não sei onde estou, me arrependo amargamente! Prefiro minha cervejinha de sempre mesmo! kkkkkkk

Grande abraço,
Du Paiva.

dand disse...

Beberei sempre um absinto ao começar a noite sentado num bar. Espero que agum gato lindo venha me perguntar o que eu estou bebend kkkkkk.

Obrigado pela visita no meu blog ^^

bjs Dand :)

PORAQUIESO disse...

Oi... Valeu pela visita lá no meu cantinho. Sempre que puder apareça.
A fada verde é forte. Ainda bem que dá certo.
Abraços !!

Três Egos disse...

rsrsrs... a rima ficou muito boa e, na verdade, se alguém falasse isso para mim eu ficaria sem graça... rsrsrs

Abraço!

Homossexual e Pai disse...

Muito divertido seus textos..pena que parou de contar suas estorias! abs

Jose Antonio disse...

Adorável observação de si mesmo e do que acontece ao redor......
Isso é um dom que deve ser cuidado e ampliado...
A rima funciona, mas onde será que está a poesia completa?
bjs